Siga-me no Twitter

Inscreva-se já e receba nosso conteúdo -

Aulas de Turco

sexta-feira, 28 de março de 2014

Onde duas surdas não se entendem ... caso verídico

Essa aconteceu agora pela manhã, enquanto a velha máquina de lavar batia a toda e fazia um barulho mais alto do que turbina de avião.

Eis que o telefone toca e eu atendo, a única coisa que entendi foram a primeira e a última palavra (que, no caso do turco era um verbo) me chamou de Sra Silva e anunciou quem estava falando mas, quem era não entendi. Como a moça estava ligando de um call center, mais parecia que estava no meio da Bolsa de Valores de São Paulo em pleno pregão.
- Minha querida, não consigo entender NADA do que você está falando ... tem muito barulho atrás de você ! - me senti a "velha surda" da antiga "Praça é Nossa".

Ela repetiu umas 3 vezes, na quarta vez - quando o barulho ao fundo como num passe de mágica cessou - eu entendi "Sağlık Bakanlığı" (o Ministério da Saúde, pra quem eu encaminhei reclamação duas vezes por email e ainda aguardo retorno).  Perguntei pra confirmar se era do "Sağlık Bakanlığı" e ela disse que sim (!!!!)
Desci a lenha no sistema, falando das enfermeiras que nunca usam luvas pra fazer o exame de sangue e das minhas lutas nos hospitais pelos quais tenho peregrinado (por conta da minha alergia à pimenta, coisa que acho que até Atatürk já sabe).
Tava toda empolgada no meu discurso inflamado, quando ela me pergunta espantada:
- As enfermeiras não usam luvas pra fazer exame de sangue???? - perguntou.
- Ao menos na maioria dos hospitais em que fui, não, elas não usam!
- Mas minha senhora, eu estou ligando do Juan Juan Saç Bakımı (era pra vender produto pra tratar do cabelo).

Rimos, e rimos e rimos. Eu juro que nem me lembrava que um dia perdido no tempo deixei meu telefone pra saber de tratamento pra cabelo. Eu me senti uma idiota, mas não me senti sozinha, porque ela também tinha dito "sim" quando perguntei da onde era.

Ela, lógicamente, tentou fechar negócio comigo, mas como muito tempo havia se passado desde que eu contatara ela e já havia me resolvido com outra linha de tratamento pro cabelo, tive que dar uma desculpa elegante:

- Agora não vou poder resolver nada, benzinho, porque vou viajar amanhã para o Brasil ...
Silêncio. A moça perguntou:
- Viajar pra onde, senhora?
- Pro Brasil.
- E quando a senhora retorna?
- Só depois da Copa do Mundo.
Mais um instante de silêncio.
- Tipo ... - (bem, a moça não sabe quando é a Copa do Mundo).
- Tipo, em Julho. Depois de Julho eu tô de volta.

Ela deu risada e nos despedimos. Bem, se depois dessa situação ao menos ela se deu conta do quão descuidadas são as enfermeiras desse país e passar isso pra frente já é alguma coisa. :)


Fazendo merchand de graça, tem até dona Adriana Lima no site fazendo propaganda, e parcelam em até 9 vezes no cartão de crédito do seu marido: http://www.juanjuan.gen.tr/juanjuan-sac-bakim-sampuani-ve-kremi.html

Beijos pra você, logo mais tem mais post!

O Segredo Revelado!