Guia de Conversação para Turistas na Turquia

Inscreva-se já e receba nosso conteúdo -

sábado, 23 de julho de 2016

Essa tal de tolerância significa o que mesmo?

Temos alunos e clientes que professam crenças diversas, nosso objetivo é dar aula de turco e ponto final.





Olá pessoal,

Creio que este será o primeiro - e último - post sobre um tema que faz parte da tríade do que não se deve discutir para manutenção da ordem cósmica das coisas (política, religião e futebol).

Vivo num casamento ecumênico - tomo emprestado as palavras de uma amiga com quem tive o prazer de trocar ideia ontem - e sei do desconforto, pra não dizer incômodo mesmo, que isso causa em alguns. Apesar desses alguns não terem nada com o que se passa na alcova alheia, a harmonia dentro de um casamento assim derruba a crença de muitos de que Deus amaldiçoa/ desaprova/ não se compraz de uma união deste tipo, fadada à infelicidade, confusão e toda sorte de azar.

E é esse o calcanhar de Aquiles desse tipo de gente inquisidora!

Moro num país multicultural, multirracial, com diversidade de credos que se sincretizam ou não. O Artigo V da Constituição dá garantias dessas coisas todas, mas tem gente que ou não conhece a Lei ou não quer tomar conhecimento dela.

Tudo muito velado - lógico - assim como racismo, homofobia e outras dessas pragas!

Mesmo estando em nosso canto - sim, no nosso e tocando nosso negócio - vira e mexe um ou outro me contata para falar da escolha religiosa da fulana ou ciclana. Isso não paga a minha conta de luz ou água, acredite. Leia-se: a escolha do outro, mesmo que eu discorde, não me interessa. Vou orar por ele ou ela, mas não vou odiá-lo.

E é desse ódio que quero falar. 


Me entristece que apesar de viver num país com liberdade que parece sem limites ainda tem gente xarope que julga o outro pela crença que tem, distorce o que lê (entendedores entenderão!) e saí difamando quem não conhece baseado na crença alheia - que não bate com a própria.

Você pode não concordar com a minha crença, e eu com a sua, mas e esse ódio todo vem de onde? De Deus? Allah? Buda? De quem?

O mundo já anda tão cheio de problemas, que tal se deixássemos nossas diferenças religiosas e lutássemos juntos por um mundo melhor?

Beijo da Luci

(P.S.: farta de ver gente brigando por causa de religião...)

Em 2018, um site para brasileiros e turcos

Em 2018, um site para brasileiros e turcos
Namoro, amizade, casamento ou passatempo: somente o destino pode dizer.