Siga-me no Twitter

Inscreva-se já e receba nosso conteúdo -

Aulas de Turco

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Quem disse que as Turcas não se preocupam com a feminilidade?

Olá pessoal,

Existem Canais e canais, fanpages e fanpages, grupos e grupos e como a Turquia é imensa cada um toma por "Turquia" o quintal onde habita/habitou. Lembro que em meus primeiros posts eu cometia o mesmo erro. Coisa de iniciante.

Depois você aprende a língua e vai pesquisar por conta própria: o marido deixa de ser a fonte do saber inesgotável (nunca foi) o Google móvel (nunca foi) e a família dele passa a ser fonte de consulta também assim como as amizades, sites especializados, etc.

E eis que uns tempos atrás uma conhecida turca, com quem tive amizade no tempo que eu frequentei em İzmir (depois comento do que se trata) me colocou num grupo cujo nome jurei a ela não postar aqui porque é um grupo secreto bem focado e eles controlam bem a entrada das membros (homens não são aceitos e mulheres somente com referência). E o grupo é bem sério, trocam altas ideia e ninguém fica enchendo a timeline com selfies e "bom dia" "boa tarde" "boa noite. Aliás ela me falou que eu era a única estrangeira no grupo.Me deu um sentimento de inclusão, e isso graças a Língua Turca e o respeito aos costumes locais.

Na descrição consta o aviso "Como ser uma mulher - para iniciantes" (em inglês e em turco) talvez ela tenha planos futuros de colocar estrangeiras no grupo.

Que assuntos são postados no grupo?

"Um homem cheio de medo pode se comportar como uma mulher"

Divulgação de eventos no FB - curso de cerâmica - casa de passarinho, com workshop etc

Um post sobre o link de um blog escrito por uma membro do grupo o Mar Negro no outono

Moda, dicas de maquiagem, música ... temas como psicologia para entender o que se passa na alma feminina.

Talvez você se pergunte: e ninguém fala de sexo não?

Sexo não deveria ser o princípio, e sim o fim de uma sucessão de atitudes vindas das duas partes: seja uma relação casual ou duradoura, será que não estamos perdendo a magia do jogo da conquista, da sedução? Vi em muitos canais brasileiras afirmando que turcas eram frias na cama (eu nunca dormi com nenhuma, aliás, eu sou hetero ...) e me perguntou: de onde elas obtém informação para afirmar com tanta convicção?

- Por que ouvem isso de seus pares turcos? E qual seria o intuito deles falarem isso? Frustrações das poucas mulheres com quem se deitaram? Ou para satisfazer o ego da parceira e o próprio diante da conquista da "mulher estrangeira"?

Soube de brasileiras que caíram em profunda depressão ao serem rejeitadas por turcos alegando que "eram brasileiras, e que nunca o cara iria achar mulher como elas que os satisfizesse na cama". Mas será que a relação gira em torno da cama???

 Sexo é parte importante da relação, e do matrimônio então nem se fala ... mas eu o colocaria como um dos termômetros. Ou nunca se ouviu falar de casal que se divorciou mesmo se dando bem na cama?

Há especialistas que dizem que o sexo começa na cabeça. Criar um ambiente para isso ajuda e muito. Dias atrás assisti uma série de vídeos sobre isso: criar a expectativa para o ato. E isso não significa necessariamente você desfilar de lingerie fio-dental na frente dele o dia todo (nada te impede de fazer isso...).

Muitas brasileiras caíram e estão caindo de amor pelas novelas turcas - ao mesmo tempo que se queixam das demasiadas cenas de sexo das novelas da Globo. Por que? Romantismo.

Já sei: mas no canal dessa pessoa ou daquela ela falou de turcas que põe o marido pra dormir no sofá quando o primeiro filho nasce. Tá, no Brasil não existe casal que mora na mesma casa mas tem uma vida íntima de merda, não existe quem more na mesma casa e esteja separado, não existe quem dorme na mesma cama e pensa no affair? Claro que existe.

Será que não é hora de basearmos nossas relações em nossos atos como indivíduos, construindo uma relação sólida baseada na cumplicidade ao invés de contar com a lenda do "sex symbol" "sex machine" e outros rótulos que não seguram namorado/marido por muito tempo?

Aliás eu tenho comigo que um turco você ganhar mais na mesa do que na cama (calma, não tô falando pra você ir fazer na mesa...). Faça o teste: compre uma lingerie da hora e convide seu amado para momentos agradáveis. Na semana seguinte, faça a comida favorita dele (usando a receita da mãe dele, não a do Google né?) e veja o resultado. Anote e compare. Pode dar empate, no máximo rsrsrs

Tem um artigo em turco muito interessante sobre "O caminho feminino" com uma bela foto que materializa aos olhos a ideia do texto: http://ozbeoz.com/disilik-yolculugu.html

Antropologia feminina ... a mulher moderna de hoje ... blog OZBEOZ LIFESTYLE (em turco).

Recomendo a leitura à todas, mas principalmente às brasileiras que moram na Turquia ou pretendem morar lá. E saber o que os grupos pensam acerca do assunto - porque existem turcas e turcas.

Enquetes que eu respondi

"Na sua opinião a comida mais sexy é: " eu escolhi salada de calamar (lula em rodelas). Pensando em criar um clima pra hoje a noite? rs

Curso de cerâmica. Evento divulgado no FB e replicado pelo grupo.


De que cor você decoraria o banheiro da sua casa? Atenção nos detalhes para criar aquela atmosfera...


Que tal começar a aprender turco e saber consultando na fonte o que de fato esse povo pensa ao invés de repetir como um papagaio a opinião alheia? Já recebi mensagens de posts das nossas aulas de gente que escreveu "Deus me livre de aprender turco, turco não presta" e eu pergunto quantos anos a pessoa morou na Turquia e não vem resposta alguma...ou passou poucos tempos como turista. Me poupe né? Se você tem interesse em sair das trevas desse tipo de ignorância fala com a gente:
Whatsapp + 55 11 98479-4199


 

Um beijo da Luci! 


O Segredo Revelado!