Siga-me no Twitter

Inscreva-se já e receba nosso conteúdo -

Aulas de Turco

sexta-feira, 21 de março de 2014

Casamento sem noiva? Histórias fantásticas que escuto do povo daqui ...

Olá pessoal,

Parece mais história de filme, mas não é! Mas essa situação inusitada aconteceu no ano de 1984, aqui em İzmir.

E quem me relatou isso foi minha sogra, tendo como testemunha meu sogro e meu marido. E ainda disse que se eu não acreditasse, ainda me apresentaria mais testemunhas.

Sim, a noiva não apareceu no próprio casamento.

Minha sogra havia "arranjado" os dois: naqueles tempos não existia isso de "namoro", pra "se conhecer" ... esqueça tudo isso. As pessoas atingiam uma certa idade dae a própria família quem se encarregava de arrumar um pretendente, acertar tudo e depois se preparavam pro noivado e, tempos depois, casamento.

E foi nessas que minha sogra apresentou o primo do meu sogro pra uma amiga, que era de família abastada - assim como o primo em questão, que recebera educação da melhor maneira possível. A família mandou Murat* para estudar técnicas de fabricação de couro na Itália, para depois tocar os negócios da família.

Tudo ia bem, como num conto de fadas, exceto por uma criatura: a sogra.

SIM, A SOGRA PÔS TUDO A PERDER ...

A cascavel, surucucu, caninana e todos os adjetivos ofídicos é pouco pra essa criatura, que se metia na vida da moça num grau sem limites.

"- Como toda sogra, né Luci ?"

Bem, mas essa era demais...

Decidiu a organização da festa de noivado toda, todinha (normalmente o lado da noiva quem se encarrega disso, de acordo com a tradição local). A noiva não deu palpite nem nas flores da decoração. NADA.

E o noivo não ficava atrás não nas derrapadas: na festa de noivado ele vez ou outra ele se sentava a mesa de alguns convidados e colocava os pés na mesa:


Pros costumes da época, pra aquela gente de tão fino trato, isso era inaceitável.

Assim. E a coisa toda foi indo ... entre o noivado até a data do casamento se passaram 4 meses. No dia D, aquela correria toda, a família da noiva pede pro noivo passar na loja e pegar o vestido DELA (ele morava bem mais perto da loja do que a noiva). E a resposta veio dele mesmo:

- Isso é tarefa pra família da noiva. A família da noiva que pegue!

O pai da noiva deu um jeito e foi até lá, com o futuro genro atravessado na garganta. "-O que custava ele ter feito aquele favor?"

Horas mais tarde, o noivo aparece na casa da noiva, trajando jeans escuro e camisa.

- Por que você não se arrumou ainda ? - perguntou a noiva.
- Ah, mas eu vou casar assim, qual o problema? (e, pelos relatos dos meus sogros isso de fato aconteceu)

A noiva e a sua família se entreolharam. Nisso o rapaz saiu e a noiva ligou pra minha sogra, aos prantos. Disse que estava vendo muita coisa errada antes mesmo de se casarem e que só podia esperar pelo pior depois de assinarem os papéis.

Minha sogra tentou acalmá-la, falando que ele estava agindo daquele jeito por estar nervoso com o casamento. E desligaram.

Então meus sogros se arrumaram, pegaram meu cunhado na rodoviária (ele estava fazendo faculdade em outra cidade) e se foram. O meu sogro seria a testemunha do casamento ...

Nesse interim, o pai da noiva, diante de tantas coisas que se passaram disse pra filha:

- Você não precisa ir nesse casamento se não quiser.

Minha sogra me contou que ficaram horas esperando pela noiva ... HORAS! Até as pessoas se darem conta que a noiva não viria custou ... era fantástico demais para ser verdade.

Da parte da noiva, apenas a família próxima composta dos pais e irmãos não compareceram. Os demais parentes da parte dela estavam no local - não existia celular naqueles tempos ...

Por se tratar de casamento de gente da alta sociedade, falamos de quase 300 convidados que ficaram a ver navios.

Tentaram ligar na casa dela, mas ninguém estava lá. Chegaram a bater lá na casa da família da noiva, mas eles haviam viajado para um retiro em família pra se recuperar de tamanha situação.

A sogra (não a minha, a que seria dela) ligou para minha sogra, choramingando, resmungando por diversas vezes. Se lamentava pois dizia "gostar muito da moça e a tinha como filha".

Típico das sogras das bandas de cá...

Bem, o nome do noivo é fictício. Anos depois eles se casaram - com pessoas diferentes, não entre si - e ele sofreu um acidente de carro, onde veio a falecer. A noiva ainda vive, mas minha sogra não tem mais contato com ela - bem, acho que depois disso tudo, nem teve mais cara né ...


Corre, noiva, corre!




O Segredo Revelado!